Domingo, 16 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 26 de Maio de 2024, 14:14 - A | A

Domingo, 26 de Maio de 2024, 14h:14 - A | A

LESTE DO ARAGUAIA

Saggin discute com politicos e lideranças criação do curso de Medicina da UFMT em Barra

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Uma comitiva de Barra do Garças se deslocou até Cuiabá para discutir com a gestão da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) a criação do curso de Medicina que possa contemplar toda a região do Araguaia.

A ideia apresentada pelo advogado e empresário Sandro Saggin, pré-candidato a prefeito de Barra do Garças pelo PV, foi bem aceita em audiência na quinta-feira (23) com a futura reitora da UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) Marluce Aparecida Souza e Silva, que tomará posse em outubro deste ano.

“A UFMT tem a experiência e capacidade necessária de vir a formar médicos para atender Barra do Garças, Araguaia e todo o Mato Grosso. O ensino, pesquisa e extensão credencia ao sucesso desta modalidade. Estou trabalhando com essas incursões políticas para que possamos ter, o mais breve possível, o curso de Medicina ofertado no vestibular”, destacou.

“Desde que atendido aos critérios técnicos legais, não há resistência da minha parte em levar o curso de Medicina ao campi de Barra do Bargas. É necessário um trabalho político para garantir o dinheiro no orçamento da União. A demanda social já existe. Precisa ter a garantia financeira”, declarou a professora Marluce.

Na sexta-feira (24), houve uma audiência com o atual reitor Evandro Aparecido Soares da Silva, que deu apoio institucional a ideia de criação do curso de Medicina no campus de Barra do Garças.

“A proposição do curso de Medicina já é muito tempo discutida. Já elaboramos o projeto pedagógico que permite a criação do curso. Este documento já foi apreciado pela pró-reitoria de ensino e graduação e cumpriu o dever de casa. Tem documentos apreciados pelo MEC (Ministério da Educação). Para avançar, é necessário se articular politicamente com a bancada federal para mostrar o desenvolvimento que este curso de Medicina oferece, contemplando Mato Grosso e parte de Goiás”, destacou.

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) também participou da audiência. O parlamentar intermediou um contato telefônico com o ministro da Agricultura, Carlos Fávaro (PSD), que por sua vez, se comprometeu a articular com a cúpula do governo federal, em especial ao ministro da Educação Camilo Santana, os requisitos já atendidos para a criação do curso de Medicina.

“Terão meu total apoio para discutir este projeto tão importante a Mato Grosso”, resumiu Fávaro.

Ainda participaram da audiência os presidente do PT e PC do Barra do Garças, Odorico Ferreira Cardoso Neto, o “professor Kiko” e Leda, respectivamente. E o presidente do Sintep (Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público) em Barra do Garças, Gibran Freitas.