Quinta-feira, 13 de Junho de 2024

POLÍTICA Domingo, 15 de Novembro de 2020, 09:50 - A | A

Domingo, 15 de Novembro de 2020, 09h:50 - A | A

ELEIÇÕES 2020

TRE aponta primeiras horas de votação em MT com registros de detenção e corrupção eleitoral

Marisa Batalha/O Bom da Notícia

No primeiro boletim sobre as eleições em Mato Grosso, repassado na manhã deste domingo(15), pelo juiz Jurandir Castilho, do Tribunal Regional Eleitoral, de forma virtual, foi realizado um balanço, pormenorizado, das primeiras horas de votação nas eleições municipais no estado.

Assim, foram registrados no período da manhã em colégios eleitorais do Estado uma medida cautelar em Confresa, na 28ª Zona Eleitoral. Em Lucas do Rio Verde, na 21ª Zona foi lavrado registro de uma desobediência eleitoral. Além da detenção de uma pessoa, flagrada fazendo boca de urna no Leste do Araguaia, em Barra do Garças, na 9ª Zona Eleitoral.

Também nesta manhã de domingo foram detectados problemas como urnas que não funcionaram, por conta de problemas no terminal do eleitor. Até agora, ao todo, foram sete urnas eletrônicas que tiveram que ser trocadas. As ocorrências foram registradas em Sinop, Cuiabá, Rondonópolis, Primavera do Leste, Sorriso e Nova Mutum. Após terem sido detectados problemas na bateria da urna, na impressora, ou no terminal do mesário.

Além de situações como falta de energia no local de votação foram registrados no município de Nova Monte Verde, no Distrito de São José do Apuy, na Escola Estadual Dom João Sexto e no município de Alto Boa Vista /15ª Zona Eleitoral – município de Alto Boa Vista, na Escola Estadual Indígena Marãiwtséde.

Outros problemas detectados:crimes de corrupção ou problemas de calúnias, difamação e injúrias eleitorais nos municípios de Juscimeira, Guarantã do Norte, Paranatinga, Santo Afonso, Sapezal, Alto Garças, Rondonópolis, Mirassol D'Oeste.