Sábado, 18 de Maio de 2024

TECNOLOGIA Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 11:01 - A | A

Sexta-feira, 18 de Novembro de 2022, 11h:01 - A | A

Centenas se demitem do Twitter após Musk dar ultimato e fechar sedes

Tecnologia

Elon Musk deu ultimato a funcionários do Twitter, e muitos se demitem
Reprodução/Instagram - 05.10.2022

Elon Musk deu ultimato a funcionários do Twitter, e muitos se demitem

O Twitter avisou seus funcionários nesta quinta-feira (17) que os escritórios da empresa serão fechados temporariamente, como forma de colocar em prática um ultimato de Elon Musk , novo proprietário da empresa.

Os profissionais da empresa teriam sido avisados de que os escritórios da companhia reabririam as portas apenas na segunda-feira (21).

O Twitter não explicou o motivo da decisão, que vem num momento em que centenas de funcionários da empresa estavam pedindo demissão após Musk exigir comprometimento a "longas jornadas de alta intensidade", sendo o único caminho diferente desse a demissão.

"Por favor, continue a cumprir a política da empresa, abstendo-se de discutir informações confidenciais da companhia nas redes sociais, com a imprensa ou em qualquer outro lugar", dizia também a mensagem aos funcionários .

Segundo o jornal norte-americano Washington Post, os profissionais deveriam concordar com a condição - trabalhar longas horas e com alta intensidade e serem cobrados por isso - se quisessem ficar na companhia. O prazo dado iria até esta quinta, 17 de novembro.

No começo do mês, o Twitter afirmou que reduziria sua força de trabalho em cerca de 50%. Àquela altura, a empresa tinha cerca de 7.500 funcionários, além de terceirizados.

Fonte: IG TECNOLOGIA