Sábado, 25 de Maio de 2024

ARTIGOS Segunda-feira, 01 de Abril de 2024, 15:06 - A | A

Segunda-feira, 01 de Abril de 2024, 15h:06 - A | A

FRANCISNEY LIBERATO

O porta-voz

Porta voz é aquele indivíduo que enuncia algo para as pessoas em meio a um grupo. Ele se adianta e toma a frente para dirigir as palavras a todos os que estão ao seu alcance. É uma pessoa que entende e representa os demais membros de um grupo.

Pedro se intitulava o porta-voz do grupo de discípulos. Quem sabe, por ser mais ousado e naturalmente líder.

Vale destacar que nem sempre as opiniões dos porta-vozes indicam que sejam ideais para o grupo.

Rúben, filho de Jacó, também era em algumas vezes, ou deveria ser com mais frequência, o porta-voz dos seus irmãos. Mesmo não tendo uma característica de um líder, o filho mais velho era naturalmente o sucesso do pai, como também o seu porta-voz.

Algumas referências confirmam Pedro como o porta-voz do grupo: Em Mateus 15:15, destaca: “Então Pedro pediu: — Explique para nós aquilo que o senhor disse antes”. Com Pedro não havia meio-termo, se ele não entendesse de algo, havia, com certeza, questionamentos.

Outra referência é quando Pedro deseja descobrir quem era Cristo, veja o que está escrito no livro de Mateus 16:16: “Simão Pedro respondeu: — O senhor é o Messias, o Filho do Deus vivo”.

Também há indicações de quando Pedro afirmou categoricamente que jamais negaria ao seu Senhor, conforme descrito em Mateus 26:35: “Pedro respondeu: — Eu nunca vou dizer que não o conheço, mesmo que eu tenha de morrer com o senhor! E todos os outros discípulos disseram a mesma coisa”.

É importante dizer que, independentemente se você possui qualificações necessárias para ser o mais influente, ativo, líder, ou quem sabe o mais experiente nos assuntos ligados à Palavra de Deus, nada disso importa, se verdadeiramente, você deseja anunciar o Reino de Deus deste mundo.

Podemos ter como exemplo Moisés, que apesar de ter toda instrução do Egito não se achava capacitado para ser mensageiro de Deus para o povo de Israel, de acordo com o livro “A ciência do bom viver”: “O divino mandato encontrou-o desconfiado de si próprio, tardio na fala, e tímido. Estava estupefato pelo sentimento da sua inaptidão para ser o porta-voz de Deus. Mas aceitou essa obra depondo inteira confiança no Senhor. A grandeza dessa missão pôs em exercício as mais altas faculdades de seu espírito. Deus abençoou a sua pronta obediência, e Moisés tornou-se eloquente, esperançoso e de espírito equilibrado, preparado para a maior obra jamais confiada aos homens. Dele foi escrito: ‘E nunca mais se levantou em Israel profeta algum como Moisés, a quem o Senhor conhecera face a face’ (Dt 34:10)”.

Deus espera que os Seus filhos, mesmo com falhas e aparentemente incapacitados, proclamem o Evangelho para toda língua, raça, cor, sexo, enfim, para todas as pessoas dos países. Veja a profecia contida em Mateus 24:14: “E a boa notícia sobre o Reino será anunciada no mundo inteiro como testemunho para toda a humanidade. Então virá o fim”.

Sem dúvida alguma, é nosso dever, anunciar, assim como Pedro, um novo reino para este mundo. Nem sempre nos acharemos preparados para esta nobre missão, porém, foi-nos incumbido de fazê-la com o apoio do Mestre dos Mestres.

Quer ser porta-voz de Deus?

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor. Palestrante. Professor. Coach e Mentor. Mestre em Educação. Doutor Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado”, “Liderança”, “Ansiedade”, “Mude sua vida em 50 dias Premium”“Inteligência Emocional”, “Manual do Concurseiro”, “Sabedoria”, “Discípulos”, “Educação Financeira”, “Recordar é Viver” e “Manual de Oratória”.