Quarta-feira, 24 de Julho de 2024

CIDADES Domingo, 26 de Março de 2023, 20:18 - A | A

Domingo, 26 de Março de 2023, 20h:18 - A | A

ECONOMIA

Ferramenta auxilia consumidor a encontrar melhor preço na hora da compra

O Bom da Notícia/ com assessoria

O consumo nos lares brasileiros encerrou o primeiro bimestre com uma alta de 1,44%, conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Essa alta pode trazer alguns desafios para os consumidores, como a necessidade de controlar os gastos. Uma prática essencial é pesquisar os preços antes de realizar as compras. Para auxiliar na pesquisa, os consumidores podem utilizar o Menor Preço,  ferramenta disponibilizada por meio do programa Nota MT que compara e informa os preços praticados no mercado.

O Nota MT é amplamente conhecido por premiar mensalmente aquelas pessoas que pedem o CPF na nota, mas poucos sabem dessa funcionalidade que pode gerar uma economia significativa no orçamento familiar.

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, destaca que o Nota MT é um programa que vai além das premiações distribuídas mensalmente. Ele traz diversos benefícios, como o Menor Preço, que permite ao consumidor consultar os valores de venda dos produtos e economizar na hora da compra.

“O Nota MT também presta serviços ao cidadão e ajuda a economizar na hora das compras, com o Menor Preço. É uma funcionalidade gratuita e acessível que facilita o dia a dia dos consumidores. Além disso, o Menor Preço estimula a concorrência entre as empresas, criando uma ferramenta para o consumidor conseguir o melhor preço das mercadorias”.

Qualquer pessoa pode usar o Menor Preço, desde que possua cadastro no Nota MT. Pelo site www.nota.mt.gov.br ou aplicativo de celular do Nota MT o consumidor pode acessar o Menor Preço e pesquisar qualquer tipo de produto seja itens de alimentação, equipamentos eletrônicos, móveis, artigos para casa, vestuário, calçados, combustível, entre outros. A pesquisa de preço deve realizada pela descrição do produto ou leitura do código de barras.

Ao pesquisar um produto o usuário obtém as informações sobre preços, razão social, endereço das lojas e a data que o item foi comercializado pelo valor informado. Os resultados são ordenados com base em alguns parâmetros como: menor preço, similaridade da palavra-chave com o produto, venda mais recente e localização. 

Para obter o resultado, o sistema atualiza as informações dos valores praticados no mercado a cada 24 horas, durante o período da noite, buscando os dados das notas fiscais transmitidas e aprovadas pela Sefaz. 

De acordo com a Sefaz, o acesso ao serviço do Menor Preço não é vinculado aos sorteios do Nota MT. Sendo assim, aqueles usuários que não quiserem participar premiações podem fazer o cadastro apenas para utilizar a ferramenta de pesquisa de preço.