Domingo, 23 de Junho de 2024

O BOM DA VIDA Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 16:08 - A | A

Quinta-feira, 23 de Maio de 2024, 16h:08 - A | A

DESCAMINHOS DO CENTRO

23ª Maual abre inscrições para curtas universitários e independentes

Realizadores podem se inscrever até o dia 14 de junho; a novidade deste ano é a categoria de videoclipes universitários

Da Redação do Bom da Notícia com Assessoria

Estão abertas as inscrições para a mostra competitiva da 23ª Mostra de Audiovisual Universitário e Independente da América Latina, a MAUAL, que será realizada de 09 a 13 de outubro, em Cuiabá, no Teatro da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Realizadores podem enviar curtas-metragens até o dia 14 de junho pelo site https://www.mostrauniversitariaufmt.com. Com o tema "Descaminhos do centro", a edição deste ano celebra as interconexões culturais e a potência das produções realizadas fora dos grandes centros.

Para a mostra competitiva da 23ª MAUAL, serão aceitas inscrições até dois filmes por realizador em cada modalidade da 23ª MAUAL: Universitária ou Independente, subdivididas nas categorias ‘Ficção’, ‘Documentário’, ‘Experimental’ e - a novidade deste ano - ‘Videoclipes Universitários’. A comissão organizadora junto à comissão de seleção também poderá selecionar curtas inscritos para compor mostras paralelas não competitivas, presenciais ou virtuais.

Os selecionados competem em suas modalidades e categorias pelos prêmios do júri oficial para o Melhor Curta Brasileiro, Melhor Curta Hermano, Melhor Curta Mato-grossense e Melhor Curta Curtíssimo. Durante as exibições, o público, por sua vez, elege o Melhor Videoclipe Universitário e o Melhor Curta da 23ª MAUAL em cada modalidade.

Realizada pelo Cineclube Coxiponés da UFMT, a MAUAL vem se consolidando há mais de duas décadas como a principal janela para a produção audiovisual de curta duração universitária e independente em Mato Grosso, no coração da América do Sul. O lançamento da 23ª MAUAL, no dia 15 de maio, também contou com os lançamentos do segundo volume da coletânea 'Cinema e Audiovisual em Mato Grosso', projeto editorial do Cineclube Coxiponés, e da TV MAUAL, iniciativa do curso de Cinema e Audiovisual da UFMT.

A supervisora do Cineclube Coxiponés, Letícia Capanema destacou ainda novas e renovadas parcerias e ações para 2024. "Nesta edição, tivemos o privilégio de contar com o olhar do artista visual André Gorayeb sobre o tema. Damos continuidade às profícuas parcerias com o Sebrae Mato Grosso e a nossa produtora executiva Danielle Bertolini por meio da segunda edição do Maual Lab, o Laboratório de Desenvolvimento de Projetos Audiovisuais da MAUAL. São diversas ações, novos parceiros e apoiadores, que serão divulgados ao longo da nossa programação expandida".

Descaminhos do centro

O tema da 23ª MAUAL, "Descaminhos do centro" faz referência aos Caminhos de Peabiru, antigas rotas realizadas por povos originários que cruzavam a América do Sul conectando diferentes regiões, do litoral sul brasileiro ao Peru, muito antes da chegada dos colonizadores europeus. “Um tema que nos desafia a repensar nossas relações com o território, desconfinar horizontes e experimentar outras vivências e realidades, revelando a potência da produção audiovisual feita fora dos grandes centros", explica a supervisora do Cineclube Coxiponés, Letícia Capanema.

Nessa perspectiva, a MAUAL compreende o audiovisual como uma ferramenta poderosa. "Por meio de imagens e sonoridades, a mostra nos impele a caminhar por novos territórios, renovando nossa capacidade de imaginar o mundo e de terrexistir. Em meio a esse convite à sensibilidade, somos instigados a enxergar a América Latina para além de suas fronteiras, reconhecendo-a como lugar onde sonhos e lutas se entrelaçam", diz trecho do texto de apresentação do tema.

Cinema e Audiovisual em Mato Grosso - Vol.2

Iniciativa do Cineclube Coxiponés da UFMT, 'Cinema e Audiovisual em Mato Grosso - Vol.2' reúne artigos, relatos de experiência, análises, críticas e entrevistas de pesquisadores, realizadores e coletivos que apresentam um panorama histórico e situa a paisagem contemporânea das produções mato-grossenses. Desse modo, o novo volume reafirma o objetivo da obra de incentivar a produção de realizadores e pesquisadores da região, animando a "missão de não deixar se perder, entre frestas de luz e sombras, a trajetória de nosso cinema".

"A diversidade de narrativas, de propostas estéticas, de temáticas e de formatos atesta, ao nosso Estado, um lugar de reconhecimento na cena cinematográfica nacional. Admitindo esse cenário, o segundo volume do livro Cinema e Audiovisual em Mato Grosso reafirma o seu desafio no sentido de proporcionar um reconhecimento a essas iniciativas e contribuir para a história e memória de realizadores, entusiastas e profissionais, bem como de suas respectivas obras, experiências e afetações", descrevem os organizadores Aline Wendpap, Diego Baraldi, Gilson Costa e Letícia Capanema.

TV MAUAL

Realizada por alunos do departamento de Comunicação da UFMT, a TV MAUAL reúne imagens de arquivo e depoimentos que compõem o acervo do Cineclube Coxiponés em uma série de programas em formato televisivo de até dez minutos de duração. O projeto tem coordenação do professor do curso de Cinema e Audiovisual Moacir Francisco Barros. O primeiro episódio revisita a trajetória da Mostra Universitária da UFMT, que se tornou latino-americana e passou a abranger a produção independente, se consolidando como a principal vitrine para a produção mato-grossense de curta duração. Assista pelo canal do Youtube do Cineclube Coxiponés: https://www.youtube.com/@cinecoxipones.