Quinta-feira, 23 de Maio de 2024

POLÍTICA NACIONAL Domingo, 13 de Novembro de 2022, 13:33 - A | A

Domingo, 13 de Novembro de 2022, 13h:33 - A | A

Lula apresentará propostas ao Meio Ambiente no COP27

Política Nacional

Presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em discurso no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília
Reprodução / CNN Brasil - 10.11.2022

Presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em discurso no Centro Cultural Banco do Brasil, em Brasília

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) participará da COP27 e apresentará suas propostas para o meio ambiente . O petista, que chegará ao Egito na próxima segunda-feira (14), demonstrará que terá um comportamento oposto ao do presidente Jair Bolsonaro (PL).

O futuro chefe do Executivo federal irá sinalizar que sua gestão irá adotar políticas públicas para que o combate ao desmatamento da Amazônia seja bem sucedido. O posicionamento de Lula tem como principal objetivo conquistar o respaldo internacional para colocar suas ações em prática.

O petista avisará ao mundo que trabalhará para que chegue a zero o desmatamento na Amazônia e a emissão zero de gases que ocasionam no efeito estufa na matriz energética. Ele ainda se esforçará para que empresários explorem a região de maneira sustentável.

O presidente eleito ainda sinalizará que adotará medidas rígidas para acabar com o garimpo ilegal em terras indígenas. Ao longo dos últimos dois anos, Lula demonstrou muita insatisfação com as medidas adotadas por Bolsonaro. Na avaliação dele, o atual governo desmontou políticas públicas na área, o que facilitou ações criminosas de garimpeiros.

Uma das suas promessas de campanha para acabar com o garimpo ilegal é a criação do Ministério dos Povos Originários. A deputada federal eleita Sônia Guajajara é a favorita para ocupar a pasta. Ela é vista como uma figura política preparada para apresentar medidas que protejam os indígenas.

Lula na COP27

Lula vai propor na COP27 que o Brasil seja a sede da COP30,  que ocorrerá em 2025. O petista é esperado com enorme expectativa por autoridades de diversos países.

Também está gerada a expectativa de quem será o ministro ou ministra da área. Marina Silva (Rede) é vista como favorita para ocupar o cargo. No entanto, até o momento não ocorreram conversas entre ela e o petista sobre o tema. Os dois demonstram foco apenas na COP27.

A conferência climática da ONU também colocará Lula frente a frente com John Kerry, enviado especial para o clima do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden. O líder norte-americano tem muito interesse em firmar acordos com o Brasil em relação ao meio ambiente.

O presidente eleito brasileiro também pretende conversar com representantes do governo da Alemanha e da China. O evento está previsto para encerrar em 18 de novembro.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. Siga também o  perfil geral do Portal iG.

Fonte: IG Política