CIDADES Domingo, 22 de Dezembro de 2019, 11:26 - A | A

EUROPA E ÁSIA

Artista plástico e MT se prepara para cruzar os oceanos com sua arte em 2020

O Bom da Notícia

Ao encerrar sua última exposição do ano denominada ‘Brasilidades’, no Memorial Adélio Sarro, em Vinhedo (SP), no último dia 26, o artista plástico mato-grossense, Sebastião Mendes, já começa a se preparar para cruzar os oceanos. Um dos principais nomes do Expressionismo Figurativo do Brasil vai apresentar suas obras em Firenze, na Itália, Cascais, Portugal e Pequim, na China, no ano que vem.

 

O artista plástico cacerense considera que, embora 2019 não tenha sido um ano de inúmeras exposições, certamente foi de importantes apresentações pelo Brasil, como a mostra no Memorial Adélio Sarro, cuja abertura contou com apresentação do cantor de rock e folk rock nacional, Silvio Brito, e curadoria de Sandra Setti, que além de tudo é sua marchand.   

 

Sebastião também apresentou seu trabalho no Museu de Arte Primitiva de Assis, interior de São Paulo, no mês de abril. A mostra teve grande repercussão e foi acompanhada por estudantes não apenas da cidade, mas também alunos da rede de ensino de municípios vizinhos como Cândido Mota e Tarumã.    

 

Mendes tem como característica marcante a abordagem do cotidiano bucólico, interiorano, ao retratar sua raiz pantaneira, com traços que chamam a atenção pela sobreposição de cores, luminosidade e leveza. “Me sinto orgulhoso em poder representar meu estado e apresentar minhas origens ao mundo”, exclama. 

 

O mato-grossense ocupa a cadeira número três da Academia Brasileira de Belas Artes, por onde passaram grandes artistas como Cândido Portinari, Di Cavalcanti e Tarsila do Amaral, sendo esta última sua grande inspiração e influenciadora. 

 

Autodidata, começou a desenhar e pintar aos oito anos de idade. Aos 16 anos participou de sua primeira exposição coletiva e, em 1995, começou a expor seus trabalhos pela Europa, passando por países como Alemanha, Portugal, Itália, França, Bélgica, Espanha, Suíca, dentre outros.   

 

As datas das novas exposições internacionais acontecerão entre os dias 20 de maio a 20 de junho, na Rodyner Gallery, no palacete Casa da Guia, em Cascais (POR). Entre os dias 25 de junho até 31 de julho será na Itália Florence Arte Galeria, em Firenze (ITA). Já a data e o local da exposição em Pequim (CHI) deverão ser definidos no próximo mês de janeiro.  



Imprimir

Comentários